Resenha: Como fui esquecer você

20:51


Título: Como fui esquecer você
Autor: Jennifer Echols
Editora: Pandorga
Número de páginas: 293
Ano: 2011
Sinospse: Por que não dá para escolher o que esquecer e o que lembrar? Havia muitas coisas que Zoey gostaria de esquecer. Como o fato de seu pai ter engravidado a namorada de 24 anos. Como o medo de que a cidade inteira descobrisse sobre o colapso nervoso de sua mãe. De como o lindo e temível Doug a insultava na escola. Sentindo que sua vida estava prestes a virar ao avesso, Zoey luta da única maneira que conhece, usando sua famosa atenção aos detalhes para certificar-se de que é a filha, aluna perfeta e namorada do melhor jogador de futebol, Brandon…
A história gira em torno de Zoey e Doug. Os dois estão na equipe de natação do colégio mas não se dão tão bem como três anos atrás. Ninguém sabe por que ele foi para um reformatório quando tinha 14 anos, na verdade a maioria das pessoas nem sabe que Doug já esteve um. A única conversa entre os dois é de Zoey chamando atenção de Doug por chegar atrasado no treino de natação e ele, por sua vez, respondendo-a sarcasticamente .

Tudo estava normal até o dia em que a mãe de Zoey, tempos depois de descobrir que o marido tinha engravidado outra mulher, tenta o suicídio. Zoey fica muito confusa com a situação e quando sua mãe é internada num hospício ela tem de ir morar com seu pai e a mulher de 24 anos que ele engravidou. Isso nem é tão ruim, você deve estar pensando, não é mesmo? O pai de Zoey é um cara muito gentil, preocupado, amável e carinhoso certo? Errado. Ele totalmente desagradável – pra não dizer idiota - , que só está preocupado com sua viagem de lua de mel para o Havaí. E nem vou mencionar a mosca morta da madrasta... Nenhum dos dois mostra consideração pelo que a garota está passando.

Como sempre dá pra ficar pior, Zoey sofre um acidente de carro e perde a memória do que aconteceu na noite do episódio, acordando somente um dia depois. Zoey espera encontrar seu namorado Brandon na sala de estar no dia seguinte, mas quem está lá é Doug, e ele está muito diferente com ela. Agora ela precisa descobrir o que realmente aconteceu no dia do acidente.

É muito complicado falar sobre “Como Fui Esquecer Você”. Se por um lado eu li o livro em dois dias facilmente - movida pela curiosidade pela verdade dos acontecimentos- por outro eu fiquei esperando por uma surpresa, alguma coisa inesperada que não veio.

A Zoey está muito confusa no começo do livro, e como a narrativa é em primeira pessoa, a gente fica tão confuso quanto ela. Para o pai de Zoey, perder a memória é coisa de gente louca, então se ela continuar com isso e ameaçar estragar a viagem dele com sua noiva, ele a colocará no hospício junto com a mãe, e isso faz com que a garota não questione seus amigos sobre o que aconteceu. Assim ela tem que fingir que se lembra de tudo, mas Doug logo percebe que ela está mentindo.

Uma coisa que me aborreceu foi que a personagem passa muito tempo pensando que ninguém pode descobrir sobre o que sua mãe fez e que está num hospício, senão eles iriam mudar com ela por causa disso.

Não sei por que, mas gostei muito do personagem irmão de Doug, o policial Fox.

O livro pode ser classificado com um romance YA, ou jovem adulto, meio drama como vocês podem perceber acima, e atenção para o pessoal que não gosta de cenas picantes! Embora não sejam muitas cenas assim, o assunto e o desejo vem à tona com uma certa frequência (risos), nada que seja maçante.

Depois dessa resenha enorme, pretendo ler outros livros da autora.

Outros posts legais

21 comentários

  1. Nossa, que pai mais @#$&% que ela tem! rsrs
    Eu não gosto de livros de drama, e esse tem bastante.
    Fico com dó da Zoey, tantas coisas acontecendo com ela.. Mãe no hospício, namorado com quem não se dá mais tão bem, e tudo.
    No final deve ser algo que te faz pensar.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. haha, sério que você gostou do Fox? Não sei o que achei dele, por um lado achei ele meio "apagadinho" no livro, e outras ele me irritou por ser sempre o "certinho", rs.

    Esse é o legal das resenhas, nem sempre um livro que um ama agrada o outro hahaha. Acho que eu amei MUITO porque foge dos Sobrenaturais/Paranormais, meio que já enjoei do mesmo clichê de sempre. :X Amei o Doug, (seu lindo *.*), e confesso que achei os dois pais idiotas. (não só o dela, mas dele também, coitado). rs.

    Também quero ler os outros livros dela, e quero que os livros de comédia dela sejam publicados no Brasil. *.*

    Ótima resenha, beijos. :*

    ResponderExcluir
  3. Flor, que resenha ótima de ser ler. Olha, eu já estou de olho nesse livro a um tempão a capa dele é maravilhosamente bela. Sua resenha ficou perfeita. Bjokas

    ResponderExcluir
  4. Tenho muita vontade de ler livros da Jennifer. Adoro a capa desse e pela sua resenha, fiquei ainda mais curiosa quando ao livro.

    Beijos xx

    ResponderExcluir
  5. Hum, eu gostei bastante da resenha e super me interessei pelo livro!!!
    *-*
    Fiquei curiosa pra saber o final, sempre assim! Gosto de mistério, suspense e parece que isso tem de sobra, já que Doug tem que descobrir o que aconteceu na noite do acidente!!
    Parabéns pela resenha, vou colocar na minha pequena (caham) lista de leitura!

    xoxo

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha!
    Vi esse livro na Leitura ontem, e a capa meio que chamou minha atenção. Li a sinopse, mas antes de comprar eu estava querendo ler alguma opinião para ter certeza de que iria gostar do romance. Amo livros de drama, acredito que irei gostar desse!

    Abraços

    http://leitorasanonimas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Hey, Carol!

    Tô doida pra ler esse livro, faz tempo!
    Sua resenha só aumentou minha ansiedade.
    Que bom que gostou das dicas sobre como cuidar dos livros. Eu achei super útil quando li, por isso quis dividir. :)

    Beijo grande e ótima semana pra vcs!

    ResponderExcluir
  8. Estou com tanta vontade de ler esse livro.. adoro o título.. a capa.. mas sei q ñ vou ler tão cedo ehehehe. E tem tudo q gosto.. inclusive as cenas picantes ihihih

    bjssss

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito da resenha!
    Deve ser maravilhoso!

    ResponderExcluir
  10. Se eu tivesse que comprar um livro pela capa com certeza esse estaria no topo; a foto é linda e adorei o nome do livro; mas como ssempre leio algumas resenhas antes não tenho certeza se ele ainda estaria no topo da minha lista. A historia parece ser boa e com certeza fiquei curiosa para saber o que acontecera com a protagonista... quem sabe; ainda guardarei na minha lista ;)

    ResponderExcluir
  11. Nem me animo em ler esse livro. Parece bom, mas não sei, é muito simples parece. Acho que o costume com os YA sobrenaturais me deixou assim. hahaha


    Abraço


    Luiz Silva
    www.blogueiroleitor.com.br

    ResponderExcluir
  12. faz tempo que estou de olho nesse livro, mas pela sua resenha acho que criei expectativas demais em relação á ele. pretendo ler em breve e tirar minha prórpia opinião e... cenas picantes sempre são bem vindas HAHAHAHA

    xx thanny in wonderland

    ResponderExcluir
  13. A sinopse desse livro me chamou muito atenção, todo o drama que a personagem passa é bem... sei lá, instigante. O que me desanimou um pouco foi o que você disse sobre não haver uma surpresa, isso deixaria a história muito mais interessante, não é mesmo?

    Ainda assim pretendo lê-lo, já está na minha lista junto com "Longe Demais".

    ResponderExcluir
  14. Ah mas mesmo faltando a surpresa eu fiquei interessada, parece legal. Eu quero saber o que ela esqueceu.

    :)

    ResponderExcluir
  15. Olá! Sua resenha está ótima e eu já venho procurando este livro porque é muito bem falado e a sinopse é bem interessante. Eu já estou muito curiosa pra saber o que rolou nessa noite que a Zoey esqueceu por causa do acidente... bem, como é a primeira vez que visito o blog, vou dar uma olhada nas outras resenhas que você fez. Abraço.

    ResponderExcluir
  16. Eu quero muito ler este livro, estou morrendo de curiosidade sabe ainda mais com uma resenha dessa, ai já viu.

    Bjksss

    ResponderExcluir
  17. Deve ser um daqueles livros super emocionantes, não é? ou um pocuo chato, eu leria.

    ResponderExcluir
  18. Awn, nunca tinha visto nada desse livro e me pareceu ótimo, apesar da confusão. Nós já temos as nossas confusões, imagine as emoções se misturar lendo o livro!
    E eu quero ler pra descobrir se ela consegue se recuperar de tudo e também do que acontecerá com ela e Doug. *-*

    ResponderExcluir
  19. Tenho muita vontade de ler esse livro e o outro dela "Longe Demais". Gostei muito da sua resenha, e curiosa como eu sou não vejo a hora de querer saber o que realmente aconteceu naquela noite!

    Bjs! :*

    ResponderExcluir
  20. Não fiquei com tanta vontade de ler. Acho que no fim, vou terminar o livro mais confusa do que comecei.

    Beijoo ;*

    ResponderExcluir
  21. Carol...adorei a resenha...........este livro já está na minha lista de leitura deste ano........adorooooooo as cenas picantes......minha cara, mistério, romance e sofrimento......bjos

    ResponderExcluir

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Leitores do Open

Nossa página no facebook

Cópia atribuida


Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Se usar algum texto não esqueça de citar a fonte.


Translate here: Google-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to English