Resenha A caminho do Verão

18:00


Título: A caminho do Verão
Autor: Sarah Dessen
Editora: ID
Número de páginas: 416
Ano: 2011
Sinopse: Auden resolve passar as férias de verão em Colby, uma minúscula cidade do litoral, com o pai, sua nova esposa e Thisbe, a filha do casal e sua mais nova irmãzinha. Lá, ela revê seus conceitos em relação à madrasta, encara um emprego de férias em uma boutique totalmente demais e conhece Eli, um garoto misterioso com o qual embarca em uma busca: experimentar uma adolescência sem preocupações que lhe foi negada enquanto ele procura se recuperar de um acontecimento trágico. Junte dois solitários, uma bicicleta, um estoque infindável de madrugadas com insônia, tortas e café e… tudo pode acontecer.

Auden, 17 anos, filha de um escritor e uma professora, é a típica garota fechada que vive, praticamente, todo o tempo com a cara enfiada nos livros, se preparando para a futura faculdade. Com tanto estudo, ela não tem lá uma vida social badalada, nem amigos, e passa suas noites em claro no Ray’s regada a muito café.

A garota vê a oportunidade de mudar de “ares” quando recebe um porta-retrato do irmão mais velho Hollis, diretamente da Europa, com a frase “O melhor de todos os tempos”, e decide aceitar o convite do pai e passar o verão em Colby, uma cidadezinha onde ele vive com a atual mulher, Heidi, e a irmã recém-nascida de Auden, Thisbe.

Porque você não quer que O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS seja apenas uma coisa para sempre. Você tem de ter um montão de ótimos momentos, cada um superando o outro.
Hollis - pág. 90

A capa, para nós leitores, dá a impressão de que A Caminho do Verão, é mais uma história leve de férias, mas acaba rumando para um caminho diferente, para uma reflexão sobre vários assuntos sérios, como separação, solidão e, principalmente, mudança.

Quem está esperando algo mais divertido (risos), pode acabar se decepcionando um pouco, e o romance de Eli e Auden fica mais em segundo plano também, o que deu espaço para a autora desenvolver outras questões.

Como na blogosfera literária há inúmeras resenhas positivas sobre os romances da Sarah Dessen, a minha expectativa veio aumentando bastante em relação a esse e outros livros da autora, que pretendo ler futuramente – Lembram que comentei que tenho o This Lullaby, em inglês? Mas e a coragem? :)

Em suma, embora A Caminho do verão não tenha muitas surpresas ao longo das 416 páginas, é interessante e leva o leitor a pensar, que todos nós somos capazes de mudar nossa realidade por meio de atitudes diferentes no nosso dia a dia.

Outros posts legais

11 comentários

  1. Oi Carol!

    Eu adorei esse livro! É uma leitura bem legal. Queria um pouquiinho mais de romance entre a Auden e o Eli, mas fazer o que né? Eu quero ler mais livros da autora!! This Lullaby está na minha listinha :D

    Gabi

    ResponderExcluir
  2. Gabi Sim!! Eu também queria que tivesse mais romance, e coisas fofinhas kkk Uma pena!
    bjs!

    ResponderExcluir
  3. Pela capa e sinopse eu esperava outra coisa... uma coisa mais leve...
    Acho que no momento não me interessa... mas tenho muita vontade de ler um livro dessa autora...

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li, mas parece que você não se empolgou muito com ele, vai ficar para uma leitura futura :)

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ei Carol!

    Morro de vontade de ler algum livro da Sarah Dessen. Eles parecem ser tão leves e gostosos de ler. rs ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Uhm... Eu não conhecia... Parece fofo... Vai para a listinha! rs
    Beijos,
    Inara

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carol!

    Just Listen foi o primeiro livro da Sarah que li e eu simplesmente AMEI o livro! Estou com "A Caminho do Verão" aqui pra ler e minha expectativa é alta! Espero gostar tanto dele como gostei de Just Listen. Como eu não leio livros em inglês vou ficar torcendo pra iD continuar lançando as obras da Sarah. Quero muito ler mais coisas da autora. Pelo que você disse na resenha acho que o livro tem tudo pra me agradar! E o fato de o romance não ser tão trabalhado não me incomoda, até gosto de livros onde o romance fica em segundo plano e a história ruma pra algum drama. As vezes é bom revezar, hehe.

    Beeijos!
    Amanda || Lendo&Comentando
    ^_^

    ResponderExcluir
  8. não conhecia o livro e a autora ainda! gostei muito da resenha, vai para a listinha! *-*

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  9. Acredita que eu ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro? Gostei bastante, livros reflexivos e com personagens depressivos (o que não sei se é o caso) me agradam bastante. Vou adicionar na minha lista de desejados!

    Beijos,
    whosthanny.com

    ResponderExcluir
  10. Esse livro tem uma capa tão fofa amiga. Tenho mega vontade de lê-lo sério! P.s.: O Lay do blog está lindão, já disse que sempre que acesso aqui me sinto como se estivesse em casa ?


    Bjokas, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  11. Falam tão bem desta autora. Eu achava que o livro ia ser um pouco mais descontraído do que ele é, pelo visto. Achei ele meio grandinho pra não ter muuitas surpresas =/

    ResponderExcluir

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Leitores do Open

Nossa página no facebook

Cópia atribuida


Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Se usar algum texto não esqueça de citar a fonte.


Translate here: Google-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to English