4 de abril de 2012

Por que abandonei o sistema de notas nas resenhas


Oi gente, tudo bom?
Desde o começo do Open Page, sempre procurei por uma forma de mostrar com mais clareza o que achava das minhas leituras. Então, além de expor minha opinião nas resenhas, passei a atribuir uma nota e classificar os livros de 1 a 5.

Tudo correu bem no ínicio até o momento em que comecei a ficar receosa – algumas vezes até durante a leitura de um livro – sobre a nota que atribuiria a ele quando viesse a fazer a resenha.

Quase sempre eu não tinha certeza da classificação, e ficava comparando um livro com outro, mas cá entre nós, como comparar Harry Potter com Jane Austen, por exemplo? Um romance juvenil com um clássico ou um suspense? Ambos são ótimos, mas tipos de histórias diferentes.

O pior, depois de um tempo quando revia as notas, sempre me vinham pensamentos como "agora que li outros livros, não acho que esse seja tão bom assim.." ou "mesmo tendo dado x nota, não esqueci essa história até hoje.", e acabava querendo mudá-las!

Cada leitura é única, e mesmo que a trama tenha vários defeitos ela pode ter te impactado, emocionado tanto quanto aquele best-seller per-fei-to que todos estão comentando. Isso acontece diversas vezes comigo.

De forma alguma tenho a intenção de criticar os blogs que optaram por esse sistema, pelo contrário, cada um tem seu modo de avaliação, e admiro quem consegue classificar com convicção livros de 0 até 10! Mas escrevo esse post para esclarecer ao leitores porquê não teremos mais a página de “livros por nota."

Para parar com os hábitos negativos - risos - , e não deixar de destacar os livros mais legais, agora através de um modo mais simples, aqueles que mais gostei receberão uma tag de "Recomendo!".

Carol.

Compartilhe

  • Delicious

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. acho que a classificação tem muito a ver com gosto pessoal, mas também com um enorme conjunto de coisas. eu atribuo notas mais por hábito do que por necessidade, a partir de um balanço total entre erros, incoerências, defeitos de enredo e de escrita e, claro, do meu próprio gostar ou não de alguns pontos do livro que são suscetíveis a opinião. mas é bastante relativo mesmo. a opinião às vezes varia com o tempo.

    ResponderExcluir
  3. Acho justo! Isso acontece comigo, e não em relação as resenhas de blogs, porque nem todos os livros que leio, eu resenho pro blog, mas falo sobre minhas leituras mesmo. Às vezes dá vontade de reclassificar algum livro que dei algumas estrelas no skoob, depois que li outro livro dias, semanas ou meses depois. Tem vezes que consigo classificar, outras não. Admiro quem consegue sempre :)

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre evitei dar notas exatamente por tudo isso que você descreveu. É complicado julgar um livro em relação à outros de gêneros e publico alvo diferentes. Prefiro escrever algumas impressões sobre a leitura e não me ater ao formato típico de resenha.

    Bjocas

    ResponderExcluir
  5. Te entendo perfeitamente, coloco nas minhas resenhas uma classificação e quase sempre tenho dúvidas, acontece muito comigo tudo que comentou acima, acho bem normal.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  6. Achei muito interessante isso, sobre recomendar. As vezes eu me vejo nesse dilema, realmente é muito difícil comparar livros e depois de um tempo você não "gosta" das mesmas coisas. Fico me perguntando como seria se eu lesse Jogos Vorazes e depois Crepúsculo, qual seria minha opinião?

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente, não tem nada de mais dar nota para um livro, mas ok '-'

    ResponderExcluir

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo