5 de abril de 2012

Resenha Nas Sombras

O Amor os uniu. E a morte não vai separá-los.

Título: Nas Sombras
Autor: Jeri Smith-Ready
Editora: Galera Record
Número de páginas: 335
Ano: 2012
Contra-capa: Ouvi gritos vindos do corredor. Tirei o volume do som e fiquei escutando para ver se identificava a voz de Logan na multidão.
Em vez disso, ouvi seu nome, gritando por Siobhan, seguido pela palavra desfibrilador.
- Meu Deus!
Peguei minha camisa e camiseta no chão e as vesti em um único movimento. Meu rosto estava perdido dentro da camisa enquanto eu tentava achar o buraco certo para não enfiar minha cabeça por uma das mangas.
Finalmente, acertei a gola e gritei.
Logan estava parado ao pé da cama, camisa aberta e cabelo desgrenhado, exatamente como ele estivera havia alguns minutos.
Só que agora ele estava roxo.
Leia o primeiro capítulo aqui!

Nas Sombras foi a primeira leitura de abril e o que eu mais gostei é que a trilogia – sim! - não é mais uma história de fantasmas convencional.

No futuro, o mundo muda completamente após a Passagem, que deu a habilidade de ver fantasmas à todas as crianças que nasceram após esse acontecimento misterioso. Os fantasmas só podem assombrar lugares que visitaram enquanto estavam vivos e são, simplesmente, roxos.

O conflito se inicia quando o namorado de Aura, Logan, morre no dia do aniversário do garoto, cuja banda que formava com os irmãos estava prestes a assinar um contrato com uma gravadora famosa.

Aura, então, passa a ver o fantasma de Logan. A protagonista sofre o dilema entre continuar o namoro com um fantasma roxo, que ela não pode tocar – imagem só! -, e um novo garoto que possui, assim como ela, uma enigmática ligação com a Passagem, Zachary, um aluno de intercâmbio que veio da Escócia – Ah! Sim, e ele também está vivo! Além disso, Logan pode virar uma Sombra a qualquer momento e ficar preso nesse mundo para sempre.

Mesmo não gostando muito de triângulos amorosos, a autora criou uma situação dificílima para Aura e para nós leitores conseguirmos nos decidir entre o amor impossível com Logan – e a culpa de Aura - e o romance provável com Zachary. Embora tenha uma tendencia em torcer por Logan - coitado, imaginem a situação, ele não queria morrer! -, ainda não me decidi qual team vou escolher – risos.

Esse primeiro livro é bem romântico pois fica mais focado no romance de Aura e Logan, mas eu estou curiosa – e confiante - para saber se nos próximos a autora explorará mais sobre o fato de que Aura foi a primeira criança a nascer depois da Passagem e todos que possuem relação com ela, o diário de sua mãe, a habilidade de Zachary, o futuro de Logan já que a ... caleime! :)

A única coisa que ressalvo é que o livro, ao meu ver, deve ser classificado como YA, já que possui alguns palavrões e menção a drogas.

Pretendo acompanhar a trilogia!

Compartilhe

  • Delicious

10 comentários:

  1. Olá!
    A história parece bem interessante, mesmo que triângulos amorosos sempre sejam um pouco confusos e criem um dilema que já está meio passado. Porém, os fantasmas são novidade, são poucos livros que abordam o tema...

    Bjs, Nat || On the Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol,
    Comecei a ler esse livro recentemente e concordo com você, tem muito palavrão! hehehe Mas acho que é exatamente por isso que ele é classificado como Jovem/Adulto e não como Infanto Juvenil!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  3. Ui, acabo de me surpreender com o livro. Pelo visto esse triângulo é muito complicado, eu ficaria na dúvida, tanto pra torcer ou se eu fosse ela haha. E esse seus últimos comentários hein, fiquei muito curiosa agora!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carol!

    Primeira resenha que leio sobre o livro e fiquei empolgada! A capa é linda a sinopse é interessante e pelo visto a história não deixa a desejar. Espero que eu tenha a oportunidade de ler em breve. :]

    Beijos,
    Amanda
    ^_^

    ResponderExcluir
  5. Adorei........no comecinho têm um treechinho do livro..........deu p ver q a forma q a escritora escreve têm tudo a ver comigo.....claro e simples.......é um dádiva dos deuses.....quando se pode legar uma leitura dessa nas mãos.......e Carol.....tava com saudades suas......sei q ñ dá para postar todos os dias.....mas fico tãooooo........feliz quando c posta alguma resenha nova......e todo dia tô por aqui.....procurando novidades......bjos........de uma fã-open page

    ResponderExcluir
  6. Fiquei curiosa, depois que li a Mediadora, essas histórias de fantasmas me cativam... Mas essa parece que é um pouquinho diferente...

    Mas foi o suficiente para chamar a minha atenção... espero poder ler em breve.

    Adorei a dica.

    Bjkas
    Lala =)
    http://meu-mundo-literario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá!!

    Adorei o livro, parece ser muito legal, vou colocar na minha lista de proximas leituras! :D

    Adorei seu blog, tem uns posts muito legais, gostei muito daquele post que você coloca os esteriótipos de garotos. Meu tipo também são os nerds, ele são tão fofos *-*

    Bom, acho que é isso..
    Beijinhos, Larissa

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol
    Gostei da resenha, não contou a história mas ao mesmo tempo já deu para sentir qual é a do livro, e estou correndo destas séries (já chega as que eu tenho que terminar).
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  9. Oiie...

    Amo ler também e, meus preferidos são da Agatha, HP, Nicholas Sparkcs e Meg Cabot!

    Também escrevo.

    Segue lá:

    http://osolnasceu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo