12 de agosto de 2012

5 tipos de pais! Inspirando-se nos livros!

Pai. Três letrinhas que significam tanto. É graças a ele que nascemos, é com ele que aprendemos nossas primeiras lições, é com ele que damos os primeiros passinhos. Pai, herói sem capa, campeão do jogo da vida, amigo, professor. Para comemorar a data, o Dia dos Pais o Open preparou uma listinha em toda paterna! Listando 5 tipos de pais! Inspirando-se nos livros! Nessa data especial, venha comemorar com a gente, com o Open Page e os pais dos livros! Veeeem! :D

1) Paizão - Senhor Weasley



Ele já foi incluído em outra lista de pais por aqui, mas, minha gente, como deixar Arthur Weasley de fora? Cooomo? Não dá! O bruxo tão atrapalhado quanto apaixonado pelo mundo dos trouxas é um super pai. Mesmo sempre em dificuldades financeiras, com todos os livros e vestimentas de segunda mão, sua família nunca se desune, é a verdadeira prova que a maior riqueza que um filho pode ter não é dinheiro e sim, o amor dos pais! O coração do Senhor Weasley é tão grande gente, que além de seus 6 filhos ainda cabe Hermione e Harry! Ele e a mulher, Molly ( outra que é um big mãe! ) são super calorosos! Sempre chamando Hermione e Harry para passar as férias em sua casa, fazendo todos os esforços para que principalmente Harry, se sinta amado, como se os Weasley fosse sua família! :´) Por saber da triste história do garoto, nunca faltam presentinhos, mimos e amor ao bruxinho! Fala sério? Quer alguém mais paizão? Cuidar de seus 6 ruivinhos e ainda abraçar o menino que sobreviveu como parte da família! Sabe o que acho? No fundo todo mundo tem um paizão em casa! Concordam?


2) Pai e mãe/ Durão - Hegbert Sullivan


E quantos pais-mãe não existem por aí? Não passam por nós nas ruas? Não estão nos livros? São pais e mães ao mesmo tempo! Grandes heróis, que tentam o impossíve: suprir a falta de uma mãe! Criando seus filhos da melhor maneira que conseguem, cheios de desafios, mas sempre, com muito amor. Pastor Hegbert Sullivan de Um amor para recordar é um grande exemplo de Pai-Mãe. Após a morte da mãe de Jamie, ele passa a criá-la sozinho. E o papai reservado, durão, extremamente religioso conseguiu fazer de sua filha uma ótima pessoa, que inclusive muda e salva a vida de Landon! Quantos de nós não tem pais assim? Que podem até não serem pais solteiros, são é um bocadinho durões e as vezes são mal interpretados, mas que acima de tudo, só quer o bem e melhor para seus filhos?

Isso me faz lembrar outros dois paizões do tio Sparks! Steve de A última música, uma verdadeira lição! ( Me fez chorar! ) Que causou muitas revoltas da Ronnie, porém no fim, ficou claro que tudo que ele queria era o melhor para ela! E o pai de John de Querido John, outro pai-mãe, sério, calado, com suas limitações mesmo tão odiado pelo filho nunca deixou de amá-lo. Valeu Nicholas Sparks, por além de nos presentear com grandes histórias de amor, nos dar de bônus esses grandes pais! Para guardar lá dentro do coração!

3) Festeiro/Separado - Dexter



Pai moderno, que não perde um festa por nada, sempre bebendo e de olho em um rabo de saia? Quem é? Quem é? Quem falou Dexter, o molecão de Um dia acertou! Que existem muitos Dexter´s por aí a gente está cansado de saber! Nunca cansam de uma farra, acorda no outro dia de ressaca, bem idiotas por sinal kkk mas pais? Alguns são assim né pessoal! Mas me inspirei no Dex para falar generalizadamente dos pais festeiros, sempre de bem com a vida, modernos, cabeça aberta, super amigões de seus filhos. São aqueles que fazem sucesso entre a turma de amigos do filho!

O Dex é separado da mãe de sua filha, Jasmine, mas mesmo com todos os problemas de sua vida ele tenta sempre estar presente, inclusive a última cena do livro, muito tocante, ele passa com ela, lembrando de certos momentos! Muito real a situação não? Há milhares de pais por aí, separados das mães que mesmo com todas as dificuldades, tentam acompanhar os filhos deixando claro que apesar de tudo, os amam!

4) Pai de coração - Sirius Black/ Hagrid

Eles não tem o mesmo sangue, mas a união, que os faz tão pais quanto os biológicos é o elo entre corações! São os pais de coração! Que não trouxeram ao mundo mas amam com a mesma intensidade que um pai seus pupilos! Quer maior exemplo de pai de coração que Sirius Black? O padrinho de Harry Potter, ainda que esteja constantemente fugindo está sempre de olho na vida do afilhado, por cartas, e quando precisa logo vem dar aquela ou outra ajudinha essencial! ( Firebolt! ) Assim como Arthur Weasley ele é a figura paterna mais próxima do garoto, quem ele pode sempre contar!

Mas pensando bem, o gigantão Hagrid merece o título de pai de coração de Harry também! O amigão nunca mediu esforços para proteger e defender Harry, Hermione e Rony! Harry pode ter perdido seu pai verdadeiro, Tiago mas em compensação ganhou três pais de coração para ninguém botar defeito, que fãs do mundo inteiro queriam para si!

5) Pai psicopata! - Bentinho



Um bônus! Porque geralmente nossos pais podem ser maluquetes, bravos mas nem por isso psicopatas né! Infelizmente existem alguns assim mas são casos raros! Ainda bem! Mas venho falar um dos pais mais famosos da literatura brasileira e mundial! Trata-se do Dom Casmurro, Bentinho! O infeliz homem que morreu com a dúvida, se foi traído ou não! Após a morte de seu amigo, Escobar, observando sua mulher Capitu chorar no enterro ele foi tomado por um ciúmes incontrolável, e a partir daí começou a desconfiar de uma traição, foi só avaliar bem o filho, Ezequiel ( que ainda tinha o nome do amigo morto! O.o ) que ele teve a certeza, o menino era igual ao falecido, segundo ele!

Resultado, Bentinho passou a rejeitar o filho e tentou até envenená-lo! Cruzes! Com um pai assim, quem precisa de inimigos? Nada nunca ficou provado, e para todos os efeitos, Ezequiel era filho dele mesmo, o coitado morreu sendo rejeitado pelo pai! Lamentável história, em pensar que existem sim, pais que odeiam seus filhos, que espancam, matam, não os assumem!

Esses foram 5 tipos de pais, mas não posso deixar de falar sobre tantos outros paizões da ficção! O papai sensível de Hazel. O falecido pai de Katniss, que a forçou a assumir a " paternidade " da família! Os deuses do olímpo, pais de nossos Semi Deuses, Matt pai do Nicholas de Diário de Suzanna para Nicholas, Paddy Finnegan o trabalhador pai de Fiona ( O chá do amor ) Renaldo, o príncipe pai da afobada Mia Thermópolis, o vilão Malfoy, o papai da Liesel que ensinou a roubadora de livros a ler e tantos outros, que apesar das diferenças, merecem nossi respeito, como nossos papais de carne e osso!
PARABÉNS PAIS!

Ei pessoal, estou emocionada nesse fim de post! Hoje faz um ano que sou colunista aqui no Open Page! Dá para acreditar? Um ano de minhas listas literárias malucas e sem noção! O tempo voa! A exatamente 1 ano eu inaugurava a coluna, com um post sobre justamente Os pais da ficção, e cá estou, 365 dias depois falando sobre eles novamente! Ainda me lembro do convite da Carol e io quanto fiquei feliz com isso! Completei o 1º ano por aqui e que venham mais milênios de Inspirando-se nos livros!

Compartilhe

  • Delicious

Sobre a convidada:

Geovanna G.: Dona do blog Garota das Letras, estudante, é obcecada em música e livros e vintage. Sonhadora, entre seus sonhos mais íntimos está a vontade de escrever um livro e aprender a língua da cidade luz.

|Leia mais +|

4 comentários:

  1. Curioso e criativo, esse post!
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. O meu pai se encaixa na segunda categoria HAHAHAHA

    Olha, Geovanna, só um toque: você coloca pontos de exclamação em excesso nos seus textos. Tenta moderar um pouco. Não to aqui de hater, é só um toque mesmo, ok?

    Beijos,
    Nats.
    http://www.vireapagina.com

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkk muito boa.. gostei de todos.. mas meu pai não se encaixa em nenhum desses hauhau....

    ResponderExcluir
  4. Acho que meu pai se encaixa na terceira.
    Na verdade meu pai e minha mãe são como meus irmãos... Tenho uma liberdade de comportamento e diálogo muito grande com eles.

    ResponderExcluir

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo