24 de dezembro de 2013

Resenha Teardrop: Lágrima - Lauren Kate

Título: Teardrop: Lauren Kate | Autor: Lágrima | Número de páginas: 336 | Ano: 2013 | Compre: Livraria Cultura | Leia um trecho |
Eureka há pouco tempo perdeu sua mãe num acidente em que uma onda gigante cobriu a ponte juntamente com o carro em que ambas estavam. Na verdade, aquela onda não foi um acidente, mas Eureka não sabe. O que ela desconhece também é que ela deveria ter morrido naquele dia, mas alguém a salvou.

Depois do acidente, ela passou a viver com o pai, a mulher dele que insiste que Eureka faça terapia, e seus dois irmãos mais novos, os gêmeos Claire e William. Ela não é mais a mesma e, é claro, sente muito a falta da mãe, porém nunca chorou a morte dela. Sua mãe lhe disse uma vez "nunca, jamais  volte a chorar" e a garota obedeceu.

Assim que soube deste lançamento fiquei com inúmeras expectativas em torno de Teardrop, a nova série de Lauren Kate, do sucesso Fallen. Ao mesmo tempo que me interessei pelo tema da história, já tinha um pé atrás em relação a narrativa da autora, o que acabou se confirmando assim que comecei a leitura.

Primeiras frases:
"Então foi assim:
O poente âmbar e sombrio. A umidade puxando o céu vagaroso. Um único carro chegando à ponte Seven Mile, na direção do aeroporto em Miami, para um voo que não seria apanhado. Uma onda aberrante erguendo-se na água a oeste das Keys, encrespando-se num monstro que desconcertaria os oceanógrafos nos noticiários da noite."


Teardrop tem uma história bem interessante, principalmente, para mim, pela autora usar como pano de fundo a lenda da cidade perdida, também conhecida como Atlântis. Além disso, de que o final trágico de um grande amor teria resultado no "sumiço" da cidade.

O problema do livro é a narrativa que, a meu ver, não tem um ritmo muito bom. Explico, no começo tudo acontece devagar, e a história fica boa quando Eureka recebe a herança de sua mãe composta de uma carta, o colar que a mãe sempre usava, um livro que ela não consegue ler, e de um objeto misterioso. Então tudo fica lento de novo, até que nos últimos capítulos acontecem inúmeras reviravoltas que não te deixam largar o livro até chegar na ultima linha para saber o que acontece. Achei esse fato um tanto frustrante, mas o final compensou a espera.

Outra coisa que devo adicionar é que não consegui me apaixonar por Ander. Ainda. Quem sabe no próximo livro? rs. Estou curiosa mesmo para saber o que irá acontecer com o amigo de Eureka, Brooks.

Feliz Natal!!

Compartilhe

  • Delicious

2 comentários:

  1. Oi, Carol.
    Que pena que não gostou tanto da história.
    Eu gostei desse ritmo mais lento no começo do livro e consegui gostar do Ander. Não me apaixonei por ele, mas gostei!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis, tudo bom?

      Queria mais ação kkkkkkk Bjs!

      Excluir

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo