Resenha Mago Aprendiz (Livro Um) - Raymond E. Feist

15:12

Título: Mago Aprendiz (Livro Um) | Autor: Raymond E. Feist | Nº de páginas: 432 | Ano: 2013 | Compre: Livraria Cultura - Ebook - Amazon.br | Leia um trecho
O livro de hoje é uma super dica para aqueles leitores que estão procurando por um ótimo livro de fantasia. Mago - Aprendiz é o primeiro livro da trilogia do autor norte-americano Raymond E. Feist, lançado pela editora Saída de Emergência aqui no Brasil.

Logo no começo do livro nos deparamos com uma apresentação feita pelo autor, que já teve a obra lançada em um único volume. Nesta edição, que está sendo lançada em trilogia, Feist teve oportunidade de reescrevê-la e trazer de volta para a história partes importantes que precisaram ser retiradas na primeira. Me animei com a leitura logo de cara e passei o carnaval lendo Mago: valeu muito a pena! 

Primeiras frases
A tempestade cessara.
Pug saltava pelas rochas, encontrando pouco apoio para os pés no caminho entre as poças pela maré baixa. Os seus olhos escuros iam de um lado para outro ao examinar cada poça d'água debaixo da parte externa da falésia, procurando as criaturas espinhosas arrastadas para os bancos de areia pela tempestade que ali havia passado. Os músculos do garoto contraíram-se sob a leve camiseta ao levar o saco com rastejadores de areia e caranguejos apanhados naquele jardim marinho. O sol da tarde fazia cintilarem as ondas que rebentavam à sua volta, ao mesmo tempo que o cabelo queimado pelo sol esvoaçava ao vento oeste. Pug largou o saco, verificou se estava bem fechado e agachou-se em um trecho de areia limpa. O saco não estava exatamente cheio, mas Pug gostava de ter mais ou menos uma hora para descansar. Megar o cozinheiro, não o atormentaria pela demora se o saco chegasse praticamente cheio. Repousando encostado em um enorme rochedo, não demorou muito para que Pug cochilasse sob o calor do sol. Um borrifo fresco e úmido o acordou horas mais tarde. Abriu os olhos, sobressaltado, ciente de que descansara ali tempo demais. A oeste, sobre o mar, sombrias tormentas formavam-se acima do contorno negro das Seis Irmãs, as pequenas ilhas no horizonte.

Em Mago - Aprendiz conhecemos o pequeno Pug, que está ansioso pelo dia em que seu ofício, ou seja, sua função em Crydee será definida. Tomas, o seu melhor amigo, com certeza será escolhido para ser um soldado e Pug não quer nem pensar o que fará caso nenhum dos mestres o chame durante a cerimônia. No momento em que o garoto acha que tudo está perdido, o mago do Duque, o velho Kulgan, o escolhe para ser seu aprendiz e Pug inicia seu estudo pela magia. Embora Kulgan acredite que ele tenha um talento natural para magia, Pug não consegue controlar os feitiços  mais simples e, mesmo depois de um tempo, ele parece não ter tido nenhum avanço. Até o dia em que o garoto salva a princesa Carline de uma dupla de trolls e ganha uma posição na corte e o respeito do próprio Duque de Crydee.

Quando tudo parecia tranquilo no reino de Midkemia e na vila de Crydee, um misterioso navio surge com uma tripulação ainda mais estranha e perigosa. Mais do que nunca, o reino precisa se unir para enfrentar essa ameaça, que parece vir de outro tempo. O Duque Borric, o príncipe mais novo, Arutha, Kulgan, Tomas, Pug e outros homens partem em uma viagem que será cheia de aventuras e, sobretudo, desafios.



É muito difícil escrever uma resenha a altura do livro, porque ele é simplesmente ótimo! O livro é envolvente, completo, bem escrito e, como toda boa história de fantasia, é detalhado, embora sem ser cansativo. A influência Tolkiana é visível quando, ao longo da aventura, nos deparamos com Elfos e suas florestas mágicas, Anões e seus caminhos labirínticos dentro de minas antigas, dragões, além de outras criaturas como goblins, espectros e dragonotes. Há também uma tensão crescente de uma possível guerra, e estratégia política que envolve o objetivo da viagem do Duque.

Os personagens são variados, carismáticos, fortes e outros vão aparecendo ao longo do livro e adicionando importância na trama. É interessante ver, também, como Pug, um menino descrito como "pequeno e franzino" vai crescendo e conquistando seu lugar. No primeiro livro, Pug tem 15 anos, mas tudo nos leva a crer que vamos acompanhar mais amadurecimento dos personagens e já no segundo livro da trilogia, Mago - Mestre, passam-se mais três anos.

Para os traumatizados por conta de George R. R. Martin, parece, a princípio, que Raymond E. Feist não tem muita inclinação a matar os personagens que a gente se apega... bom, pelo menos por enquanto. Ufa!

Uma curiosidade para vocês: Mago foi considerado pela BBC um dos 100 melhores livros de todos os tempos. Ou seja, para quem gosta de fantasia, é imperdível!
Recomendado!

Conteúdo extra Kit Mago - Aprendiz
+ Amostra capítulos em pdf | + Amostra capítulos em ebook | + Mapa Midkemia | + Capa em alta resolução | + Release (ótimo material com ilustrações, muitas informações e entrevista com o autor!)

Outros posts legais

0 comentários

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Leitores do Open

Nossa página no facebook

Cópia atribuida


Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Se usar algum texto não esqueça de citar a fonte.


Translate here: Google-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to English