2 de março de 2014

Resenha Um Perfeito Cavalheiro - Julia Quinn

Título: Um Perfeito Cavalheiro (Os Bridgertons #2) | Autor: Julia Quinn Número de páginas: 304 | Ano: 2014 | Compre: Livraria Cultura EbookAmazon.br | Leia um trecho
A resenha de hoje é sobre o terceiro livro da série Os Bridgerstons, da autora americana Julia Quinn. Um Perfeito Cavalheiro tem como foco o irmão Benedict, o segundo mais velho e o mais alto da família Bridgerston.

Tendo como inspiração a história da Cinderela, a protagonista feminina do livro é Sophie Beckett, a filha ilegítima de um conde, que vive tranquilamente como sua pupila na casa do pai (todos sabem quem ela é na verdade, mas ninguém nunca falou abertamente sobre isso), sendo cuidada e educada, até que ele decide se casar novamente. A chegada da madrasta com suas duas filhas já começa a dificultar a vida da menina, que piora no momento em que o conde falece, já que Sophie passa a trabalhar como criada da casa sem receber nenhum dinheiro por isso.

Passam-se anos, e na noite do baile de máscaras oferecido pela matriarca de uma das famílias mais importantes de Londres, Lady Bridgerton, Sophie consegue sair de casa sem que a madrasta perceba e vai ao baile vestindo um glorioso vestido prateado. Lá, ela chama imediatamente a atenção de todos, especialmente a de Benedict Bridgerton. Os dois conversam e dançam juntos porém a noite mágica acaba e, a meia-noite, Sophie precisa sair correndo do baile e retornar a vida real.

Araminta, a madrasta, ao por os olhos no par de sapatos arranhados, o qual a garota havia tomado emprestado, descobre a desobediência de Sophie e a manda embora de casa. Ela, então, precisa se virar sozinha com pouco dinheiro, mas numa situação inusitada ela volta a encontrar Benedict. Ele quer que Sophie se torne sua amante mas ela não está disposta a reviver a situação de sua própria mãe.

Primeiras frases
Todo mundo sabia que Sophie Beckett era bastarda.
Todos os criados tinham consciência disso. Mas eles amavam a pequena menina. Tinham começado a amá-la desde que ela chegara a Penwood Park, aos 3 anos, uma trouxinha enrolada num casaco enorme, deixada nos degraus da entrada da casa numa noite chuvosa de julho. E, como amavam, fingiam que ela era exatamente o que o sexto conde de Penwood dizia que ela era - a filha órfã de um velho amigo. Não importava que os olhos verde-musgo e os cabelos louro-escuros de Sophie fosse muito parecidos com os do conde, nem que o formato de seu rosto lembrasse de forma impressionante o da recém-falecida mãe do conde, ou que seu sorriso fosse uma réplica precisa do da irmã dele. Ninguém queria magoar a jovem - ou arriscar o emprego - fazendo esse tipo de observação.

Quem já leu outros livros da Julia Quinn, da série Os Bridgerstons, pelo menos, deve saber que as histórias são, de certa forma, leves (não tãão dramáticas como vemos em outros romances de época), os romances contam com cenas humoradas e há também um toque de sensualidade. Em Um Perfeito Cavalheiro não poderia ser diferente, e nele encontramos todos esses elementos na dose certa.

Gostei bastante do fato de que, diferente dos outros livros, a garota da vez não faz parte da alta sociedade da cidade, e podemos conhecer, através dela, o outro lado das coisas, e como foi para Sophie não ter tido as oportunidades que são comuns às outras garotas, como frequentar os badalados eventos. Mas, comparando com o segundo volume, eu ainda prefiro O Visconde Que Me Amava, rs

Posso dizer que já virei fã da série (ainda preciso ler o primeiro volume, rs) e aposto que se vocês leitores, decidirem acompanhá-la, também irão se encantar com as histórias. Já uma das coisas que mais me intrigam em Os Bridgertons é a verdadeira identidade da pessoa que escreve a coluna de fofocas e parece saber tudo o que se passa na sociedade londrina, Lady Whistledown. No momento eu desconfio da própria Lady Bridgerton, rs, ou de uma das garotas da família, mas, de qualquer forma, parece que no próximo volume teremos mais algumas informações sobre ela, em especial.

No quarto volume da série, Os Segredos de Colin Bridgerton, a trama envolve o terceiro irmão mais velho dos Brodgertons, Colin, e Penelope Featherington que, há anos, é apaixonada por ele sem ser correspondida. Mas alguém me disse que Colin esconde um grande segredo.

Compartilhe

  • Delicious

0 comentários:

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo