24 de junho de 2014

Resenha Tigana: A Voz da Vingança (livro 2) - Guy Gavriel Kay

Título: Tigana: A Voz da Vingança - livro 2 | Autor: Guy Gavriel Kay  | Págs: 352 | Ano: 2014 | Editora: Saída de Emergência | Leia um trechoCompre: Livraria Cultura (epub)
Essa resenha não tem spoiler mas, antes de ler dê uma olhada na resenha do primeiro volume de Tigana: A Lâmina na Alma.

Tigana A Voz da Vingança é o segundo e último livro da saga escrita por Guy Gavriel Kay, lançada pela editora Saída de Emergência. Nele acompanhamos o desfecho da jornada do Príncipe Alessan e seus companheiros pela volta de Tigana, província que ficou esquecida por todos devido a magia poderosa de um feiticeiro. Os tempos não são mais os mesmos do começo da aventura e a guerra é inevitável para que Tigana possa ser lembrada e a liberdade do povo daquela terra alcançada.

Primeiras frases
   "Elena estava na porta da casa de Mattio, acompanhando com os olhos a estrada sombrio até o fosso, a ponte levadiça erguida, observando as velas tremerem e depois se apagarem, uma a uma, nas janelas do Castelo de Barso. De tempos em tempos, alguém passava por ela para entrar na casa - dava apenas um aceno ou fazia uma saudação breve, quando se dignava a tanto. Uma noite de batalha se aproximava e todos os que chegavam sabiam disso.
    Do vilarejo atrás dela não vinha nenhum som; nenhuma luz. Todas as velas tinham sido apagadas fazia tempo, as fogueiras extintas, as janelas cobertas; até mesmo as frestas na base das portas tinham sido tapadas com roupas e trapos. Os mortos andavam por aí na primeira Noite das Brasas, todos sabiam disso.
Quase nenhum ruído vinha de dentro da casa, apesar de já terem chegado entre quinze e vinte pessoas, que se amontoavam na propriedade de Mattio, nos limites da aldeia. Elena não sabia quantos Andarilhos se juntariam a eles ali ou no ponto de encontro, mais tarde. Só sabiam que seriam poucos."

A leitura do livro teve altos e baixos, em que eu ficava bastante ligada nas partes que envolviam o príncipe, Devin e Catriana e desanimava quando chegavam as que se voltavam para a Ilha de Chiara, onde estavam Dianora e Brandin, ou para Alberico. Infelizmente não consegui mesmo me simpatizar com o casal Brandin, o feiticeiro que subjugou Tigana, e Dianora, mulher que que jurou matar o tirano com as próprias mãos, tão amado por alguns leitores. Tomei tamanho partido da turma de Alessan que, digamos, posso não ter dado realmente uma chance para os dois. Para mim, eles ficaram totalmente ofuscados pelo brilho dos demais personagens fortes como Devin, Catriana, os magos Erlein (que toma uma atitude bastante curiosa e nobre no decorrer da trama) e Sandre, Baerd, o próprio Alessan, e até mesmo outros como Rovigo, Alais, Elena e Alianor que, cada um a seu modo, se uniram a causa pela liberdade e salvação de Tigana. É realmente interessante ver o quão bem eles são construídos, suas características e falhas muito humanas e o quanto eles ficaram marcados na memória (claro, depois que você consegue decorar todos os nomes, rs).

A narrativa de Tigana tem um toque poético e enigmático que é muito bacana pois não revela nada muito explicitamente, fazendo mesmo o leitor pensar. Outros detalhes também só são entendidos no final da trama. Falando do encerramento, sem spoilers claro, tenho que dizer que gostei da batalha final, só achei uma pena o epílogo não ser mais longo, apesar dele ter dado uma boa ideia do que iria acontecer depois com os personagens principais. (:

Repito o que disse na resenha do primeiro volume de Tigana, é uma série ótima para aqueles que gostam de se aventurar pelo gênero da fantasia histórica (termo que o autor não gosta muito, mas... rs).

+ Curiosidade: a obra Tigana foi escrita, originalmente, em apenas um único livro, lançado pela primeira vez em 1990, nos Estados Unidos. A edição brasileira seguiu a portuguesa, que dividiu a história em dois volumes.

Compartilhe

  • Delicious

0 comentários:

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo