16 de agosto de 2014

Resenha Jane Austen: Uma Vida Revelada - Catherine Reef

Título: Jane Austen - Uma Vida Revelada | Autor: Catherine Reef | Número de páginas: 224 | Ano: 2014 | Editora: Novo Século | Leia um trechoCompre: Livraria Cultura
A resenha de hoje é sobre a biografia de Jane Austen – Uma Vida Revelada por Catherine Reef e lançada pela editora Novo Século aqui no Brasil.

Catherine Reef constrói em Uma Vida Revelada como teria sido a vida de Jane Austen baseando-se em dados recolhidos através de cartas que resistiram ao tempo - já que muito da correspondência da autora acabou desaparecendo - de fatos históricos e do relato de seus familiares. A partir das informações reunidas, Reef tenta traçar um perfil para Jane Austen, mas ela mesma aponta que há muitas contradições acerca do seu temperamento real e também da sua aparência que, muitos dizem, era bastante diferente do que retratou Cassandra.

É bastante interessante o fato de que Reef começa o livro com o capítulo “Gentil Tia Jane?”, e traz exatamente esse questionamento das contradições em relação a figura de Jane Austen. Será que ela era uma pessoa tão gentil como os familiares contavam ou mais ácida de acordo com as críticas que fazia sobre a sociedade na qual vivia? Reef também apresenta uma ótima contextualização histórica da época em que viveu Austen, o que nos ajuda a compreender melhor, claro, toda a sua obra e suas críticas a certos costumes.

Melhor ainda é quando conseguimos ver a relação entre a vida pessoal de Jane, os momentos de sua vida, e a estrita ligação com cada um de seus livros. Por exemplo, na época em que escreveu Orgulho e Preconceito, seu maior sucesso, Jane se inspirou em uma desilusão amorosa. Na adolescência ela se apaixonou por um rapaz, porém, como Jane não tinha muito dinheiro, a família dele não aprovou o romance. É interessante perceber que, ao contrário do que acontece na vida de Jane, em seu livro os personagens ficam juntos apesar do preconceito e da diferença social, não se casando por imposição, mas, sim por amor – um dos desejos de Jane. Além disso, é bacana saber o impacto das obras de Austen na sociedade e ver as reações que as pessoas tinham ao lê-las.

Além de falar da vida de Jane, a autora conta, também, um pouco sobre algumas pessoas que foram importantes em sua história, como seus irmãos e primas. Uma destas, cuja história achei bastante interessante e que me deixou pensando após a leitura, foi Elisa de Feuillide. Ela era prima - e futura cunhada - de Austen, morou na França onde provavelmente chegou a conhecer o rei Luís XVI e a rainha Maria Antonieta, e passou por várias situações difíceis, também, ao longo da vida. Uma mulher forte, sem dúvidas.

Falando em mulheres fortes, vocês sabiam que a nossa querida escritora quase morreu na infância quando foi estudar em Oxford? Ela, Cassandra e a prima Jane Cooper contraíram a febre pútrida (acredita-se que era tifo ou difteria) que havia se espalhado pela cidade na época. Ainda bem que as três melhoraram com os cuidados da Sra. Cooper e da Sra. Austen, e depois puderam ir para casa.

Tenho que parabenizar a editora pela edição super caprichada, que é de capa dura, composta por folhas amareladas para dar um ar antigo ao livro, e vem acompanhada de uma fitinha cor de rosa para marcar as páginas no decorrer da leitura. O livro contém ilustrações e fotos de pessoas que passaram pela vida da autora, bem como um retrato da própria Jane que foi desenhado por sua irmã, Cassadra, e também imagens de algumas cartas escrita por Austen e outras de seus manuscritos.

As últimas páginas de Uma Vida Revelada trazem algumas indicações de leituras, como os livros inacabados da autora, Sandition & The Watsons (em inglês), a Juvenília contendo os textos escritos na juventude – esse, felizmente, já foi publicado no Brasil pela Penguin Companhia das Letras –, um livro de correspondências da Jane Austen que parece ser muito interessante, entre outros.

A única observação que posso fazer em relação ao livro é que nele há um resumo das obras de Jane Austen, o que não é legal para aqueles leitores que ainda não leram todos os livros da autora e podem ficar sabendo mais do que desejariam. Admito para vocês que acabei pulando essas partes para não ler nenhum spoiler das histórias. Quero surpresa, rs.

A resenha ficou um pouco grande, mas quero acrescentar que gostei muito da oportunidade de conhecer um pouco mais sobre essa autora que admiro e que a leitura de Uma Vida Revelada só aumentou minha vontade de ler mais Jane Austen! Alguém me de dá a coleção em inglês de aniversário?? *___*

Compartilhe

  • Delicious

0 comentários:

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo