Resenha Amaldiçoadas - Jessica Spotswood

12:04

Título: Amaldiçoadas (As Crônicas das Irmãs Bruxas || ) | Autor: Jessica Spotswood | Número de páginas: 288 | Ano: 2014 | Editora: Arqueiro |
Se você não leu Enfeitiçadas (leia a resenha aqui), cuidado, essa resenha pode ter spoilers do primeiro volume dAs Crônicas das Irmãs Bruxas!

No segundo livro da trilogia As Crônicas das Irmãs Bruxas, Cate acaba entrando para a Irmandade, com o objetivo de manter aqueles que ama a salvo. Apesar de estar indo contra os desejos de seu coração, que envolvem Finn, a garota sabe que esse é o único jeito – se é que este existe - de impedir que a pior parte da profecia que envolve sua família realmente aconteça, ou seja, que uma das irmãs tenha um destino trágico.

Em Amaldiçoadas, a realidade para a parcela feminina da população está cada vez mais difícil. Os Irmãos estão a procura dos oráculos mais do que nunca, prendendo meninas inocentes ao menor indício de que possam ser bruxas. Além disso, livros começam a ser queimados em praça pública por “colocarem ideias” na cabeça das mulheres, que agora também não podem mais trabalhar fora de casa. A situação cada vez mais crítica gera uma insatisfação geral das pessoas, e aumenta o desejo de revolução das bruxas dentro da Irmandade.

Primeiras frases
       "Eu me sinto uma verdadeira fraude.
      Estou com Alice Auclair e Mei Zhang em um corredor estreito de um prédio de apartamentos que fede a cozido de carne e repolho. Estamos todas trajadas do mesmo jeito: capas pretas de lã por cima de vestidos austeros de veludo preto, com as pontas das botas pretas de salto aparecendo por baixo das saias que vão até o chão, e o cabelo preso para trás num penteado simples e recatado. Esse é o uniforme da Irmandade, e apesar de nenhuma de nós ser membro pleno por enquanto, estamos participando de uma missão beneficiente das Irmãs. Carregamos cestas com pães e legumes, produzidos no convento. Mantemos os olhos baixos e a voz controlada.
       Ninguém pode desconfiar do que somos na realidade."

Cate, precisa aqui tomar decisões sérias e com responsabilidade, começando a assumir seu difícil papel de líder das bruxas e da revolução. Enquanto isso, tem que lidar também com a insuportável da irmã, Maura, que a todo custo e de modo até explosivo, deseja se tornar a bruxa mais poderosa da profecia. Tess, por outro lado, garantiu seu lugar como uma das minhas personagens favoritas com seu jeito de agir, sendo, apesar de mais nova, talvez a mais madura das irmãs.

Mesmo com a temática do sobrenatural, da política e da luta feminista, confesso que o livro não foi uma leitura que me arrebatou ao ponto de querer ler sem parar para saber o que aconteceria a seguir. Na verdade, achei o ritmo da história, nesse segundo volume, bem morno, sem muitas surpresas ou partes empolgantes. O final ainda serviu para diminuir ainda mais minha expectativa quando ao último livro. Porque as autoras insistem nessa mesma tática para dificultar o relacionamento entre a protagonista e o mocinho? Sabe quando você sente que já viu isso em outro livro? Pois é, essa foi a sensação que senti ao me deparar com determinada situação nesse volume.

No mais, Amaldiçoadas é importante para o desenvolvimento da história pois é aqui que verdadeiramente se dá início a “volta por cima” das bruxas que foram subjugadas por muito tempo pelos irmãos, bem como são descobertos outros pontos importantes da trama. Apesar disso, acho que a autora terá que se superar para conseguir me empolgar de verdade no desfecho da trilogia. Vamos esperar para ver, ou melhor, para ler.

Outros posts legais

0 comentários

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Leitores do Open

Nossa página no facebook

Cópia atribuida


Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Se usar algum texto não esqueça de citar a fonte.


Translate here: Google-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to English