Finalmente assisti a The Maze Runner - Correr ou Morrer!

09:37


Hey pessoal, tudo bom? Simplesmente, eu não poderia deixar de falar sobre o mais recente filme que vi: The Maze Runner (2014) é a adaptação cinematográfica do primeiro livro da saga juvenil de ficção científica escrita por James Dashner.

Aqui no Brasil a trilogia (“Correr ou Morrer”, “Prova de Fogo” e “A Cura Mortal”) e mais dois títulos relacionados (“Ordem de Extermínio” e “Arquivos") começaram a ser lançados pela Vergara & Riba em 2009, então, já tinha ouvido falar na série há um bom tempo. Quando fiquei sabendo do filme, pensei então em ler o livro antes de conferir a adaptação - assim como muito leitores por aí, rs - mas acabou não dando certo.

Então, a curiosidade tomou conta quando, numa noite de julho de 2015, a chamada de um canal anunciou que a próxima exibição seria The Maze Runner. Pensei "Finalmente! De hoje não passa!". E o que posso dizer? Me vi bastante envolvida na história de Thomas e os meninos da Clareira e com a cabeça cheia de perguntas depois das quase duas horas de história. E olha que nem ando com tanta paciência assim, rs.



Tudo começa com Thomas sendo "entregue" a Clareira, um local no centro de um imenso labirinto, com nenhuma lembrança sobre quem é ou como chegou ali. Depois de algum tempo ele recorda apenas seu nome e descobre que os outros meninos também passaram pela mesma experiência.

A única forma de sair dali parece ser entrar no labirinto e encontrar uma saída, porém, apesar de várias tentativas durante os últimos três anos, eles conseguiram poucos avanços nesse sentido. Muitos entraram no labirinto e nunca saíram de lá.

Tentando se adaptar a essa estranha situação, Thomas sabe que precisa fazer algo, apesar das opiniões contrárias. Quem os colocou ali? Como? Por quê? O que realmente acontece com aqueles que continuam dentro do labirinto depois que as portas da entrada se fecham? E por que agora mandaram uma garota com um bilhete dizendo que ela será a última? São respostas que Thomas terá de descobrir para sobreviver e se ver livre novamente. Ou não.

The Maze Runner me agradou com seu bom ritmo, efeitos especiais bacanas, e especialmente pela boa dose de ação e corre-corre (que eu adoro!) com uma história de ficção científica e mistério, sem revelar todos os "como" e "porquês" logo de cara, num contexto - aparentemente - distópico. Além disso, a cena final traz um ótimo gancho para a continuação!

Apesar das variadas críticas em relação ao desenrolar dos acontecimentos, as diferenças com relação ao livro (o que é sempre normal numa adaptação), e as similaridades com outras sagas juvenis muito conhecidas que a gente encontra pela web, acredito que vale a pena dar uma chance para Maze Runner, se você por acaso ainda não assistiu. rs



Agora estou aqui cobiçando os livros... Meu aniversário é só em dezembro, mas se alguém quiser me presentear, eu aceito! rs Mas deixando as brincadeiras de lado, vocês assistiram ou já leram os livros? Gostaram?

Outros posts legais

0 comentários

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Leitores do Open

Nossa página no facebook

Cópia atribuida


Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Se usar algum texto não esqueça de citar a fonte.


Translate here: Google-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to English