23 de setembro de 2015

Resenha Retalhos - Craig Thompson

Título: Retalhos | Autor: Craig Thompson | Número de páginas: 592 | Ano: 2009 | Editora: Quadrinhos na Cia | Compre: Amazon, Submarino
Retalhos - no original “Blankets” - é a primeira obra de Craig Thompson, que conta a história do artista através de seu estilo e traço característicos, dos anos passados na cidadezinha de Wisconsin, Estados Unidos, com sua família tradicionalmente cristã.

A graphic novel traz uma atmosfera nostálgica marcada pelas lembranças da infância de Craig, principalmente relacionadas ao seu irmão mais novo, Phil, com quem dividia não só a cama mas muitas aventuras e, claro, medos. Com o passar dos anos os irmãos foram se afastando, apesar de continuarem vivendo na mesma casa.


Muito da história acaba se passando num rigoroso inverno, assim, a neve se torna, praticamente, um personagem coadjuvante na jornada de Craig. Esse elemento constante, somado às outras questões presentes na trama acabam dando a Retalhos um clima de tristeza. Talvez essa impressão não seja igual para todos os leitores já que, acredito, tem muito a ver com o que eu relaciono ao inverno, e para falar a verdade, não sou lá muito fã da estação! rs

Recheada de questionamentos sobre o modo de viver e ver o mundo, principalmente ligados a moral cristã transmitida pela família, arrependimentos relacionados ao irmão mais novo, antigas e novas paixões, como o desenho e a bela jovem RainaRetalhos é uma história de amadurecimento, sobre “crescer” e escolher seu próprio caminho.

Com grande sensibilidade, o autor consegue tocar naquele sentimento contraditório em relação à época da infância onde, ao mesmo tempo em que existe uma saudade da ingenuidade e da facilidade com que a fantasia ganha vida na brincadeira de criança, e como é fácil sonhar, há, também, certos pesadelos que ninguém gostaria de reviver. Na história de Craig encontramos solidão, culpa, castigos e violências, nos lembrando que a infância não é sempre colorida, com brinquedos, flores e doces.

O desenvolvimento da questão religiosa é igualmente muito bacana pois nos permite acompanhar como Craig começa a questionar tudo aquilo que lhe foi passado pelos pais e pela igreja, e ressignifica suas crenças até o início idade adulta, que é justamente o ponto em que acaba a graphic novel.

É interessante ver, também, que apesar de ser duramente criticado e ter ouvido tantos absurdos por gostar de desenhar, Craig não desistiu do seu sonho. Hoje, então, podemos conhecer seus trabalhos e sua arte.


Como Retalhos foi meu segundo contato com a obra do autor, é difícil não comparar a obra com Habibi, que li em maio deste ano e resenhei aqui no blog. Ambas trazem histórias completamente diferentes, ótimas em suas particularidades – a primeira conta a infância e adolescência do autor, enquanto a segunda é uma ficção baseada na mitologia e cultura Árabe – e, ao mesmo tempo, reforçam os pontos fortes do artista, seu estilo interessante de contá-las bem como o traço de seus desenhos, muito bonitos e detalhados.

E falando nisso, não poderia deixar de mencionar que Retalhos – assim como Habibi - conta com uma ótima qualidade gráfica, impressa em papel offset numa edição bonitona. Para ser perfeita, só se tivesse capa dura, mesmo!

Retalhos, ganhadora de vários prêmios como melhor graphic novel original, melhor artista, melhor cartunista e melhor escritor é uma ótima opção de leitura para aqueles que estão buscando uma história envolvente e emocionante, que traz a cada página temas como o amadurecimento, a religiosidade, a família, o primeiro amor, como é possível conviver com as diferenças, e também a descoberta do outro e de si mesmo.


Compartilhe

  • Delicious

0 comentários:

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo