27 de outubro de 2016

Resenha O Coração da Esfinge - Colleen Houck (Deuses do Egito #2)


Título: O Coração da Esfinge (Deuses do Egito #2) | Autor: Colleen Houck | Editora: Arqueiro | Número de Páginas: 368 | Ano: 2016 | Leia um trecho
Hey pessoal, como vão? Hoje vamos falar sobre o segundo livro da série Deuses do Egito, da mesma autora da saga A Maldição do Tigre, Colleen Houck.

Comecei a leitura de O Coração da Esfinge sem muitas expectativas, afinal, as várias semelhanças com a série anterior e outros pontos que expliquei na resenha de O Despertar do Príncipe (primeiro livro da série) me deixaram um pouco desanimada. Apesar disso, muitas coisas na trama (principalmente a mitologia egípcia) continuavam a me chamar atenção e eu precisava correr o risco! rs

No primeiro capítulo encontramos Amon vagando pelo mundo dos mortos a espera de, algum dia, reencontrar Lily. Já ela, de volta à vida normal, não consegue esquecer o que viveu nos últimos meses, ainda mais porque uma forte ligação com Amon faz com que ela seja capaz de senti-lo, compartilhando tanto a dor como os terrores que ele vem enfrentando desde que os dois se viram pela última vez.

Na noite em que Lily chega à casa da avó, numa tentativa de mudar de ares, o Deus Anúbis lhe faz uma visita e propõe uma arriscada jornada para salvar Amon e, consequentemente, o mundo todo do caos. Mas sua trajetória será mais complicada ainda do que ela imagina e trará grandes mudanças para a própria Lily.


Estava pensando que a trama de O Coração da Esfinge seria morna e previsível mas não poderia estar mais enganada (Ainda bem)! Logo lá pela centésima página, em plena madrugada, me vi virando as páginas loucamente sem conseguir desgrudar do livro e só conseguia pensar "mas que reviravolta sensacional!”. Como não posso entrar em detalhes, só digo que esse acontecimento abre um leque enorme de possibilidades e conflitos capazes de mudar a dinâmica das personagens e deixou tudo mais interessante! (A capa já dá uma dica e nas abas do livro há um trecho desse acontecimento, então, se quiser surpresa, não leia!)

A autora, com certeza, gosta de triângulos amorosos, e dessa vez elevou o tema trazendo até um quarteto, quinteto, sexteto amoroso, então, só imaginem as confusões! Além disso, acho que ela tem, seriamente, uma questão a resolver com relação a irmãos apaixonados pela mesma garota... Quem leu A Maldição do Tigre já deve saber bem sobre o que estou falando, rs.

Gosto muito como a Houck mescla a mitologia na trama, ao ponto de que é difícil saber, sem estudar sobre o assunto, quais aspectos realmente vem da mitologia egípcia e o que foi criação da autora. O pano de fundo é rico em detalhes e cresce com as aparições dos deuses, a história de cada um e suas explicações sobre o passado, o presente e o futuro. Se não bastasse tudo isso, ainda ficamos sabendo sobre a existência de uma importante profecia que pode envolver Lily e os irmãos do Egito.



Recentemente foram divulgadas as capas de mais dois livros relacionados a série. Reunited traz a conclusão da história de Lily e Amon, já Reignited é um extra e conta a história de Seth e o que aconteceu antes do primeiro livro de Deuses do Egito. Ambos têm previsão de lançamento para o ano que vem, em inglês, e ainda não há data para serem publicado por aqui. As sinopses vocês encontram no site da autora.

Felizmente, a verdade é que terminei O Coração da Esfinge bem mais contente e interessada na história do que ao fim do primeiro volume. Queria muito ter o próximo em mãos para continuar a leitura e desvendar esse final nebuloso que mais trouxe perguntas do que respostas sobre o que aconteceu e, também, acerca do que virá.

Compartilhe

  • Delicious

0 comentários:

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo