12 de dezembro de 2016

Resenha Juntando os Pedaços - Jennifer Niven

Título: Juntando os Pedaços | Autor: Jennifer Niven | Editora: Seguinte | Número de Páginas: 392 | Ano: 2016 |
Hoje é dia de falar sobre um dos últimos lançamentos da Seguinte mais balados do ano! Juntando os Pedaços é o mais novo livro da autora Jennifer Niven que arrasou os corações dos leitores com a história de Violet e Finch em Por Lugares Incríveis, que ainda não li (o meu exemplar está me esperando, rs) mas só ouço falar muito bem dele.

Juntando os Pedaços, ou Holding Up The Universe (Segurando o universo), no título original, conta o romance de Libby e Jack, dois adolescentes que estão prestes a descobrir um ao outro e, nesse processo, trilhar o caminho para encontrar a si mesmos.

Desde que perdeu a mãe de forma repentina, Libby passou a comer descontroladamente e, com medo do que viria pela frente, se isolou dentro de casa. Até o dia em que precisaram retirá-la do quarto com o auxílio de um guindaste e Libby ficou conhecida nacionalmente como a garota mais gorda dos Estados Unidos. Depois de um longo processo e uns bons quilos eliminados, Libby estava pronta para voltar a escola e enfrentar o ensino médio. O que ela não esperava era que fosse se tornar alvo de uma brincadeira de muito mau gosto por conta de seu tamanho.

Jack é um garoto popular, o que é um fato curioso já que ele sofre de prosopagnosia, uma condição neurológica que faz com que ele não reconheça rostos. Assim que alguém se vira e o encara novamente, Jack já não se lembra mais da pessoa e precisa prestar atenção em certos detalhes na tentativa de associá-los àqueles que conhece. Ele é realmente bom em esconder o fato dos outros e, como nunca contou sobre isso a ninguém, nem mesmo seus pais e irmãos têm noção de que parecem estranhos ao olhar de Jack.


“- As pessoas fazem merda por vários motivos. Às vezes, são simplesmente pessoas escrotas. Às vezes, outras pessoas fizeram merda com elas e, apesar de não perceberem, tratam os outros como foram tratadas. Às vezes fazem merda porque estão com medo. Às vezes escolhem fazer merda com os outros antes que façam merda com elas. É uma autodefesa de merda.” p.74

Inesperadamente, quando Jack toma uma atitude questionável com o objetivo de prevenir que algo pior aconteça, acaba levando um soco de Libby! E é a partir daí, participando de uma espécie de detenção educativa como punição por suas atitudes, que ambos têm a chance de entender os motivos um do outro e passam a se perceber de forma diferente. Ainda bem que a primeira impressão nem sempre é a que fica, rs.

Estava bastante animada para ler Juntando os Pedaços e fiquei ainda mais contente quando recebi a prova do livro da editora, que é uma versão de teste, ainda em fase de revisão, feita antes do lançamento do livro. Depois de muita espera, pois os Correios acabaram atrasando bem a entrega, finalmente consegui por minhas mãos no exemplar! rs.

Um dos pontos altos da história é que a autora traz um tema muito atual que é a questão da imagem corporal e como a sociedade é dura com todos aqueles que não se encaixam ao padrão de “beleza”, principalmente em relação a obesidade. Nem preciso falar sobre a importância da representatividade, afinal, quantas personagens literárias principais você consegue se lembrar que são "gordas"?

Além disso, foi interessante descobrir sobre a prosopagnosia e sentir na pele de Jack como é ter a doença. Em alguns momentos, durante os capítulos do personagem, fica realmente difícil formar a imagem total daqueles que estão a sua volta, o que, se a gente parar para pensar, estranhamente, parece um tipo de cegueira. É incrível como Jack não se mete ainda mais em confusões!

Curti bastante o livro, mas, ao final da leitura me veio a sensação de que ficou faltando aprofundamento em alguns pontos, como na importante questão da autoaceitação, do bullying e na trama de personagens secundárias, como o irmãozinho de Jack, Dusty. A relação entre Libby e Jack, também poderia ter ganhado mais diálogos, e seria bacana vê-los lidando com algumas problemáticas que poderiam surgir com o envolvimento dos dois.

Juntando os Pedaços é uma história tocante que conforta o leitor, e procura deixar uma mensagem bonita e inspiradora. De acordo com a autora, o livro foi escrito com base em experiências reais tanto dela própria quanto de conhecidos que passaram por situações semelhantes.

“Quanto aos outros, lembrem-se: Alguém gosta de você. Grande, pequeno, alto, baixo, bonito, comum, simpático, tímido. Não deixe ninguém dizer o contrário, nem você mesmo. Principalmente você mesmo.” p.317

Compartilhe

  • Delicious

0 comentários:

Olá leitor! Quero muito saber o que você do post!

-> Deixe nos comentários suas impressões, opiniões e expectativas. Só não vale contar algum spoiler sobre o livro, rs. Se quiser falar comigo e não quiser usar os comentários, você pode escrever para mim por meio do formulário de contato, clicando aqui.

Obrigada pela visita! :D


Blogger Template by Clairvo